22 dezembro 2005

Boas Festas

Não sei qual a visão que têm do Natal... mas desejo-vos, na mesma, um Bom Natal.

Não sei se para vocês o 25 de Dezembro é apenas uma data de calendário... mas desejo-vos, na mesma, que o passem bem.

Não sei se nesta altura celebram o Natal dos Cristãos ou se preferem os ritos ancestrais que celebravam a chegada do Inverno... mas desejo-vos, na mesma, umas Boas Festas.

Não se não celebram coisa nenhuma e até estão fartos deste Pai Natal branco e vermelho (que não tem qualquer peso de tradição, uso ou costume... e é apenas uma invenção de uma campanha de marketing da cocacola), mas desejo-vos, na mesma, que passem os feriados da forma mais agradável possível.

Como vos apetecer, como quiserem, com quem quiserem (e preferirem).

Bom natal, bom equinócio, bons feriados.

Com filhozes, azevias, aletria... Como vos apeteça (e possam!).

1 comentário:

M. Luísa P. Santos disse...

Minha amiga, depois do que você disse, pouco mais resta para desejar.

Mas se o Natal nos ajudasse encontrar as coisas simples e verdadeiras da vida, já seria um rico Natal. Mas não… ele abafa-nos em consumo e mais consumo, vende-nos a felicidade em prestações, acena-nos com créditos fáceis para comprar alegrias que só valem quando expontâneas e genuínas.

Por isso. os meus desejos são simples:
que consigam olhar à vossa volta, reconhecer e amar aqueles que de vocês gostam, sentir fome e conforto de carinhos e afectos.

Para os que vão fazer as Festas longe da Pátria:
que as saudades vos dêem força para os futuros de que partiram em busca.

E, sobretudo:
que, a todos nós, não falte a coragem de acreditar em nós próprios.

SEJAM FELIZES! SEJAMOS FELIZES

Luísa Santos